Agenda de eventos técnicos da Expo Umuarama discute outorga de uso da água em propriedades rurais

Assunto foi colocado em pauta em uma oficina coordenada pela equipe do Instituto Água e Terra do Paraná

Em propriedades rurais, o uso de recursos hídricos – águas de rios, córregos e nascentes ou águas subterrâneas – tem critérios que devem ser seguidos à risca pelos produtores. Muitos não sabem como agir e por isso os profissionais do Instituto Água e Terra do Governo do Paraná se empenham em orientar.

Pela importância, o assunto ganhou pauta na agenda de eventos técnicos da 49a Exposição Agropecuária, Comercial e Industrial de Umuarama/22a Feira Internacional, que cedeu espaço para a oficina ‘Outorga de recursos hídricos’.

Na plateia estavam, além de produtores rurais, funcionários do IAT e do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, representantes de empresas de projetos ambientais e estudantes, além de secretários municipais das áreas de agricultura e meio ambiente.

O objetivo, segundo o chefe do IAT Regional, Carlos Cardoso, foi explicar que a outorga é o ato administrativo que expressa os termos e as condições mediante as quais o Poder Público permite o uso de recursos hídricos por um prazo determinado.

“Foi um evento em que pudemos repassar informações técnicas, mas também conscientizar sobre essa questão, explicando o quanto é importante, antes de qualquer ação do produtor, procurar se informar”, destacou ao abrir o evento.

O convidado para ministrar a oficina foi o engenheiro agrônomo Daniel Walz, da gerência de Outorga de Água do IAT, sediada em Curitiba.

Compartilhar :

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Rolar para cima