Seminário da agenda de eventos técnicos da Expo Umuarama debate agroindústria e turismo rural

Com belos cenários e muitas oportunidades para explorar, região tem potencial, garantiram os palestrantes

Quando o objetivo é desenvolvimento sustentável, com geração de emprego e renda nas pequenas propriedades agrícolas, a agroindústria e o turismo rural têm andado de mãos dadas. E como a região de Umuarama abraça a causa, a 49ª Exposição Agropecuária, Comercial e Industrial de Umuarama/22ª Feira Internacional abriu espaço em sua agenda de eventos técnicos para debater o assunto.

Um seminário, realizado em parceria com o IDR-Pr – Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, reuniu principalmente pequenos empresários interessados em investir no setor junto com vários que já investem. O objetivo foi discutir desafios e oportunidades.

A coordenadora estadual de Agroindústria do IDR-Paraná, Karolline Marques da Silva, veio especialmente de Curitiba para o evento. Ela fez uma explanação do panorama deste setor de negócio que está em plena expansão, prometendo alavancar a economia do Estado [que tem cerca de 1,2 mil empresas do ramo].

Em seguida, o consultor de inovação do Sebrae, Rafael Roque, falou sobre ‘Gestão da propriedade, atendimento ao cliente e marketing digital’; ele, que é especialista em gestão de aceleração de negócios, ressaltou a importância da busca por informação atualizada na abertura e na condução de um empreendimento.

E, encerrando o primeiro bloco, o técnico agrícola do IDR-Pr, Bruno Colombo Pereira, foi o convidado para falar sobre ‘Turismo rural como fonte de renda na agricultura familiar’. Com belíssimos cenários naturais, ele enfatizou que a região tem potencial nesta área e os os interesse dos investidores ganham mais força a cada ano.

No segundo bloco, os participantes foram levados para uma visita guiada à Fazendinha, projeto que simula uma propriedade rural e que se destaca na Expo Umuarama.

Compartilhar :

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Rolar para cima